11 Erros mais comuns de um e-commerce

28 abr 11 Erros mais comuns de um e-commerce

Você tem um e-commerce ou está pensando em montar um, precisa ficar ligado nos erros mais comuns cometidos por lojistas já experientes no mercado. Existe sempre uma lição para se aprender, e uma grande oportunidade de se aperfeiçoar. Errar é humano, mas se podemos evitar, faremos aqui para você uma lista dos 11 erros mais comuns cometidos por aí no mundo virtual. Vamos lá?

1 – Escolha da Plataforma

A ausência de projeto bem detalhado e a afobação em “colocar o negócio no ar o quanto antes” faz com que os empresários virtuais não se preocupem em pesquisar e providenciar uma boa escolha para sua plataforma de e-commerce, uma que atenda todas as necessidades dele. Permaneça atento às questões em relação ao layout, possibilidade de atualizações, integração com outras ferramentas, facilidade de gestão e, principalmente, comprometimento da equipe de desenvolvedores para deixar sua loja virtual otimizada e funcional.

2 – Falta de Informações sobre o produto

Fotos sem qualidade do produto, tiradas de apenas um ângulo, descrições simplórias e sem detalhes sobre o produto, falta de comparação de medidas em roupas, vídeos que mostrem o funcionamento de um utensílio doméstico… É preciso ser empático e criativo nesse momento. Se você fosse o cliente e estivesse na loja, o que gostaria de ver para sentir-se seguro quanto a compra? Nessa parte “menos”, nunca “é mais”.

3 – Entrega ineficiente

A parte mais importante de todo serviço de e-commerce, a entrega. Ela não pode ser cara e demorada, pois destrói o desejo de compra dos clientes. Existem casos em que o frete pode sair pela metade do preço de uma compra ou até mais caro do que a soma dos produtos escolhidos. O frete caro pode fazer você perder 90% das suas vendas e fazer com que o seu futuro comprador desista, mesmo que o produto seja barato. Cheque opções de contrato com os correios, planeje subsídios, faça o que for preciso para amimar o consumidor nesse momento crucial para o fechamento do carrinho.

4 – Formas de pagamento 

Com tantas opções de pagamentos disponíveis, sua loja não pode, nunquinha, contar apenas com pagamento em cartão de crédito de uma única bandeira, como exemplo. Há muitas opções de bancos que debitam na hora, o básico boleto bancário, compras que podem ser divididas em 2 cartões de crédito diferentes e sites que operam crédito online para compras. Forneça a maior quantidade de formas de pagamento para garantir a venda do seu e-commerce.

5 – Processos longos de fechamento

Ninguém aguenta ter que abrir muitas páginas para conseguir finalizar uma compra. Isso faz com que seu cliente fique exausto e largue a compra lá e nunca mais volte. Lembre-se, grande parte das compras online são realizadas por um impulso momentâneo! Determinar a confirmação de longos cadastros que excedem a necessidade de dados para entrega também pode trazer desconforto e desconfiança. Simplifique o máximo para que sua página não tente forçar um cadastro para newsletter com a compra.

6 – Propagandas 

Um e-commerce poluído com pop-us ou barras laterais, superiores e inferiores recheados de propagandas incomodam o consumidor. Então, dessa maneira, você deve se preocupar em construir uma plataforma clara e organizada, os anúncios devem manter-se na linha estética do site, nada de bagunça.

7 – Canais de contato

Lojas virtuais precisam fornecer telefones e e-mails de contato para que seus clientes possam tirar dúvidas durante as operações de compra ou sobre os produtos ofertados. Outra alternativa muito legal são os chats disponíveis para atendimento online. Mas lembre-se, se você criou o canal, seja ele e-mail, chat ou telefone – esteja disponível e atenda prontamente durante o horário de funcionamento que deve ser informado claramente em seu site! Não deixe seu cliente sem ter com quem falar quando ele mais precisa.

8 – Cuidado com a reputação

Com um mundo tão conectado, um atendimento malfeito ou a insatisfação de algum cliente pode gerar queixas em redes sociais e sites especializados (como o Reclame Aqui) que deixam a reputação de sua loja lá embaixo. Sem falar que pessoas que mantém hábito de pesquisar referências sobre uma loja desconhecida, facilmente desistirão de comprar na sua loja ao ver que as entregas chegam atrasadas ou o produto enviado está errado e a loja não se preocupa em realizar a troca.

9 – Busca por palavra-chave

Adotando a ideia de que é necessário facilitar ao máximo a experiência do consumidor na sua loja, é importantíssimo designar palavras-chave aos produtos disponibilizados por você. Dessa forma, o cliente consegue ser prontamente atendido caso entre em seu e-commerce buscando por um produto específico. Quanto mais ligeiro for o processo de compra, mais fantástica será a experiência de seu cliente. Torne tudo mais fácil para ele.

10 – Filtros eficientes

O seu querido cliente já sabe o que quer comprar, entra no seu e-commerce, mas não obtém o produto pela busca do site? Isso é mais normal do que imagina! Para que a busca funcione, seu filtro de busca precisa ser bem eficiente, considerar erros de grafia no momento da pesquisa ou buscar as palavras pelo som emitido ao invés das palavras propriamente escritas. E mais, se o filtro for bom, mas os produtos não estiverem cadastrados corretamente, a busca também não funcionará à contento.

 11 – Usabilidade ruim

Além de cadastrar os produtos disponíveis nas categorias e subcategorias mais adequadas, a funcionalidade de busca deve funcionar corretamente. Neste momento pense nos diferentes tipos de visitante que sua loja recebe, alguns tem preferência pela funcionalidade de busca, outros pela navegação através de categorias e subcategorias. Existem algumas ferramentas que analisam o comportamento do visitante em seu site, estas são as melhores formas de obter um bom feedback dos visitantes.

Outras falhas comuns em termos de usabilidade são:

– Processos de pagamento longo e confusos ou com poucas opções de pagamento;

– Muita poluição visual, distraindo o visitante e tirando o foco do produto;

– Carrinhos de compras ineficiente;

Agora que você conhece os possíveis erros que podem acontecer com quase qualquer um, pois ninguém é perfeito, que tal encomendar seu e-commerce com uma empresa que possui mais de 8 anos de mercado, expertise e pode te entregar um site totalmente responsivo? Aguardamos seu contato, com certeza aqui conosco você encontrará o produto ideal para adequar seu e-commerce.

Posts relacionados

Pin It on Pinterest

Share This