Será que é necessário turbiniar seu negócio recebendo Bitcoins?

10 maio Será que é necessário turbiniar seu negócio recebendo Bitcoins?

Sabia se é vantagem ou não, receber pagamentos com a moeda mais valorizada do mercado tecnológico

Bitcoin é uma rede que funciona de forma consensual, onde foi possível criar uma nova forma de pagamento e também uma nova moeda completamente digital. É a primeira rede de pagamento descentralizada (ponto-a-ponto) onde os usuários é que gerenciam o sistema, sem necessidade de intermediador ou autoridade central. Da perspectiva do usuário, o Bitcoin funciona como dinheiro para a Internet. O Bitcoin também pode ser visto como o mais promissor sistema de contabilidade de entrada tripla existente.

No âmbito da moeda virtual Bitcoin, um blockchain é a estrutura de dados que representa uma entrada de contabilidade financeira ou um registro de uma transação, grosseiramente falando. Cada transação é digitalmente assinada com o objetivo de garantir sua autenticidade e certificar que ninguém a adultere, de forma que o próprio registro e as transações existentes dentro dele sejam considerados de alta integridade.

Geralmente as pessoas que se interessam por esse assunto tem algumas dúvidas. O que chama mais a atenção das pessoas: o bitcoin, a moeda, ou o Bitcoin, o protocolo? Qual invenção tem mais chances de ter sucesso no mercado: a criptomoeda ou a tecnologia do blockchain? O valor da moeda digital deriva da inovação do blockchain? O que de fato importa é a tecnologia subjacente, e não o preço do bitcoin?

A moeda e o blockchain são uma e a mesma coisa: o Bitcoin. Mas para entender melhor o porquê dessa afirmação, é preciso voltar ao básico.

O que é o blockchain?

No protocolo do Bitcoin, a solução encontrada por Satoshi Nakamoto para impedir o gasto duplo consiste em agrupar as últimas transações da rede em uma espécie de “bloco”, que contém uma referência ao bloco imediatamente anterior, e carimbá-lo com um código (o “hash”) na rede. As novas transações são registradas no sistema, repetindo o mesmo processo, formando, assim, uma “corrente de blocos” em ordem cronológica, daí o termo blockchain. Os s blockchains são preservados em milhões de computadores pessoais, bem como em data warehouses. Não existe um único banco que seja dono dos registros, e cada instância de blockchain do Bitcoin possui um total das transações no seu mercado.

A verificação da transação é feita com criptografia pesada que, no caso do Bitcoin, torna-se possível pelo poder de processamento por crowdsourcing, ou seja, pelo modelo de criação e/ou produção que conta com mão de obra e conhecimento coletivos para desenvolver soluções e criar produtos.

E para garantir que uma das partes envolvidas realmente tenha o Bitcoin prometido em uma transação, ou qualquer ativo que esteja sendo rastreado por este tipo de sistema, basta uma simples consulta do blockchain. Não há necessidade de um banco ou intermediário; dessa forma, os ativos dentro do blockchain existem como se o dinheiro estivesse nas mãos de uma pessoa. Qualquer indivíduo pode aceitar o Bitcoin como pagamento, porque sua existência é passível de verificação.

Mas ainda tá complicado de entender o que é blockchain…

É, a definição é um tanto técnica. Mas vamos pensar da seguinte forma: no caso do Bitcoin, como se pode impedir o gasto duplo com a criptomoeda? De acordo com esta matéria da InfoMoney, deve-se agrupar as últimas transações da rede em uma espécie de bloco, que contém uma referência ao bloco imediatamente anterior, e carimbá-lo com um código, o “hash“. E as novas transações seguirão o mesmo processo, o que formará uma corrente de blocos de registros – daí o termo blockchain.

Assim, o blockchain pode ser entendido como um grande livro-razão – aquele onde se registra todas as movimentações contábeis de uma empresa. Porém, como dissemos, é um livro-razão compartilhado por todos aqueles que participam do sistema – no caso, o Bitcoin -, no qual as transações são registradas de forma irreversível.

Em suma, é o registro em ordem cronológica de todas as transações que ocorreram na rede, e que foram compiladas e validadas. É público, único e compartilhado pelos participantes de um sistema específico.

Para concluir a explicação, o blockchain é a inteligência que dá sustentação àquela que promete ser uma das grandes revoluções corporativas dos próximos anos – o mercado das criptomoedas. E é por isso que, quanto antes nós nos familiarizarmos com a tecnologia, melhor preparado estaremos para utilizá-la.

Qual a dificuldade para fazer um pagamento Bitcoin?

Pagamentos Bitcoin são mais fáceis de fazer do que compras feitas com cartão de crédito ou débito, e podem ser recebidos sem uma conta de comerciante. Os pagamentos são feitos a partir de uma aplicação de carteira, seja no seu computador ou smartphone, digitando o endereço do destinatário, o valor do pagamento e apertando enviar. Para tornar mais fácil de inserir o endereço de um destinatário, muitas carteiras podem obter o endereço por digitalização de um código QR ​​ou tocar dois telefones com a tecnologia NFC.

Quais são as vantagens do Bitcoin?

  • Liberdade de Pagamento – É possível enviar e receber qualquer quantia de dinheiro instantaneamente em qualquer lugar do mundo a qualquer momento. Não há feriados. Não há fronteiras. Não há limites impostos. Bitcoin permite que seus usuários estejam em pleno controle de seu dinheiro.
  • Taxas muito baixas – pagamentos com Bitcoin são atualmente processados tanto sem taxas ou com taxas extremamente pequenas. Os usuários podem incluir taxas de transações para receber tratamento prioritário, o que resulta em uma confirmação das transações mais rápida pela rede. Além disso, existem processadores comerciais para auxiliar comerciantes em operações de processamento, convertendo bitcoins em uma moeda fiduciária e depositando fundos diretamente para contas bancárias dos comerciantes diariamente. Como estes serviços são baseados em Bitcoin, eles podem ser oferecidos com taxas muito mais baixas do que com PayPal ou redes de cartão de crédito.
  • Menos riscos para os comerciantes – As transações de Bitcoin são seguras, irreversível, e não contêm informações confidenciais ou pessoais dos clientes. Isso protege os comerciantes de perdas causadas por fraude ou estornos fraudulentos, e não há necessidade de conformidade com o PCI. Os comerciantes podem facilmente expandir para novos mercados, onde os cartões de crédito não estão disponíveis ou taxas de fraude são inaceitavelmente elevadas. Os resultados líquidos são taxas mais baixas, os mercados maiores, e menos custos administrativos.
  • Segurança e controle – Usuários do Bitcoin tem controle total de suas transações; é impossível que os comerciantes forcem cobranças indesejadas ou não notificadas como poderia ocorrer com outras formas de pagamento. Os pagamentos com Bitcoin podem ser realizados sem vincular informações pessoais à transação. Isto oferece forte proteção contra furto de identidade. Os usuários do Bitcoin também podem proteger seu dinheiro com cópias de segurança e criptografia.
  • Transparente e neutro – Toda informação em relação a própria moeda Bitcoin está facilmente disponível na blockchain para qualquer um verificar e usar em tempo real. Nenhum indivíduo ou organização pode controlar ou manipular o protocolo Bitcoin, porque este é criptograficamente seguro. Isso permite que o núcleo do Bitcoin seja confiável por ser completamente neutro, transparente e previsível.

Quais são as desvantagens do Bitcoin?

  • Grau de aceitação – Muitas pessoas ainda não têm conhecimento de Bitcoin. A cada dia, mais empresas aceitam bitcoins, porque eles querem as vantagens ao fazê-lo, mas a lista continua pequena e ainda precisa crescer, a fim de beneficiar-se dos efeitos de rede.
  • Volatilidade – O valor total do número de bitcoins em circulação e o número de transações que utilizam Bitcoin ainda é muito menor comparado ao que poderia ser. Portanto, eventos relativamente pequenos, trocas, ou atividades negociais podem afetar significativamente o seu preço. Em teoria, esta volatilidade irá diminuir a medida que o mercado da Bitcoin e a tecnologia amadurecerem. Nunca antes o mundo havia presenciado a criação de uma moeda, então é realmente difícil (e excitante) imaginar como isto irá funcionar.

Posso ganhar dinheiro com Bitcoin?

Bitcoin é um espaço crescente de inovação e há oportunidades de negócios, que também incluem riscos. Não há garantia de que o Bitcoin vai continuar a crescer, embora tenha desenvolvido a um ritmo muito rápido até agora. Investir tempo e recursos em qualquer coisa relacionada ao Bitcoin requer empreendedorismo. Existem várias maneiras de ganhar dinheiro com o Bitcoin, como mineração, especulação ou execução de novos negócios. Todos estes métodos são competitivos e não há nenhuma garantia de lucro. Cabe a cada indivíduo fazer uma avaliação adequada dos custos e os riscos envolvidos em tal projeto.

PROCESSADORES DE PAGAMENTO DO BITCOIN NÃO SÃO UMA NECESSIDADE PARA TODOS

A conveniência exerce um papel importante quando o assunto é aceitar pagamentos em Bitcoin para o consumo de bens e serviços. Um dos enganos mais comuns relacionado a pagamentos com moedas digitais é que elas só podem ser usadas on-line, o que não é verdade. As transferências ponto a ponto do Bitcoin também funcionam pessoalmente, supondo que ambas as partes estejam adequadamente preparadas para a tarefa em questão.

Embora haja uma certa vantagem em se ter uma conta com um processador de pagamento Bitcoin para a geração de faturas, nem sempre essa é a melhor opção quando se trata de aceitar pagamentos pessoalmente. Certo, desde que haja uma conexão de internet razoável, o uso de um processador de pagamento é uma opção válida, mas não se esqueça que ele cobrará uma pequena taxa para a conversão do Bitcoin em uma moeda fiduciária (se sua preferência for essa).

Um dos principais atrativos do Bitcoin é como a moeda digital pode funcionar em uma escala global, sem qualquer necessidade de conversão de moedas dentro do próprio ecossistema do Bitcoin. Isso torna a transferência de dinheiro de um lado ao outro do mundo uma questão de poucos minutos, ao invés de dias ou semanas. Mas também cria uma oportunidade interessante para aqueles integrantes da comunidade Bitcoin que viajam com frequência para o exterior.

O Bitcoin, assim como uma moeda, funciona exatamente da mesma forma em qualquer lugar do mundo. Para comerciantes e empresas, isso significa que qualquer pessoa do mundo que tenha Bitcoins pode tornar-se um possível cliente. A aceitação de pagamentos através do contato físico com possíveis clientes desempenha um papel importante nesse processo, e quanto mais conveniente for a sua solução, melhor será para todas as partes envolvidas.

A tecnologia vem ganhando muitos adeptos mundialmente. Recentemente Bill Gates em uma entrevista ao canal de negócios TV Bloomberg disse que “o Bitcoin é excitante porque é barato”.

Acreditamos que ele seja a tecnologia mais relevante sendo produzida na internet hoje. E está apenas no começo.

Mas será que essa é uma grande oportunidade para sua empresa/negócio/serviço ou não se encaixa no seu modelo de negócio? É necessário muita pesquisa e entendimento do próprio negócio para poder negociar em Bitcoin.

Agilizeware, desenvolvendo aplicações de ampla tecnologia, fazendo sua empresa de pequeno/médio porte crescer.

 

 

 

 

 

 

 

Posts relacionados

Pin It on Pinterest

Share This